Ex-líder da Popular do Inter, Giba do Trem é executado em Sapucaia do Sul


Publicado em 07/06

Gilberto Bittencourt Viegas, o Giba do Trem, ex-líder da Guarda Popular, foi morto na tarde desta quinta-feira em Sapucaia do Sul. O carro onde o corpo de Giba foi encontrado foi alvejado por 50 tiros. Uma criança que, de acordo com a Brigada Militar, tem entre 5 e 7 anos, também morreu. Uma mulher que estava no carro foi encaminhada ao hospital e corre risco.

Giba, de 31 anos, chegou a ser o principal líder da torcida, que é a maior organizada do Inter. No fim de 2015, porém, foi preso após se envolver em uma confusão antes do embarque dos ônibus de torcedores rumo a Curitiba, onde o clube enfrentaria o Coritiba pelo Brasileirão. 

Segundo relatos de testemunhas, Giba participou das agressões a Marcelo Silveira Machado, que à época foi encaminhado ao HPS. Depois, publicou em seu perfil no Facebook um texto em que se despedia da torcida. Giba foi denunciado por tentativa de homicídio.

Fonte zh esportes