Março tem um mês de atividades para a mulher ijuiense


Publicado em 02/03

Março chegou e com ele uma série de atividades alusivas à passagem do Mês da Mulher. Diversos segmentos se unem para planejar com cuidado e atenção eventos para sensibilizar a sociedade em geral para o respeito e a valorização da mulher,  a partir da construção de novas políticas públicas de garantia de direitos e/ou fortalecimento das já existentes. “Em Ijuí já temos uma caminhada, um trabalho permanente de defesa e proteção à mulher. Mas nesse mês, dedicado a elas, a Coordenadoria da Mulher e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, bem como movimentos organizados e outras entidades e organismos componentes da rede de proteção à mulher, agregam ações com maior potencial de sensibilização”, explica a assistente social da Coordenadoria da Mulher, Angela Marchionatti.

Fonte: Prefeitura Municipal de Ijuí

De acordo com Angela, isso ocorre, porque é um momento ímpar, haja vista os assuntos de interesse das mulheres estarem presentes quase que diariamente na imprensa de todo o país, o que não só chama mais a atenção das pessoas como também amplia a visibilidade das ações realizadas bem como daquilo que ainda necessita de avanços. “Como gestores das políticas públicas para as mulheres, precisamos aproveitar cada oportunidade para colher novas informações que possam contribuir para a qualificação dessas políticas públicas”, pontua.

Foi nesse sentido, segundo a assistente social, que a programação deste ano foi composta. E isso fica claro já na escolha do tema: Mulheres Contra a Reforma da Previdência. A ideia é ampliar o debate sobre a proposta enviada ao Congresso pelo presidente da República e que retiraria direitos dos trabalhadores, especialmente, das mulheres, equiparando aos homens a idade mínima, 65 anos, para solicitação da aposentadoria.

Para ficar por dentro desse assunto e de todos os outros que estão na programação e/ou que são alvo do trabalho da Rede de Proteção à Mulher, é importante acompanhar a programação organizada para o mês de março e também as ações permanentes dos serviços previstos nas políticas públicas de garantia de direitos para as  mulheres ijuíenses.

O Mês da Mulher em Ijuí foi aberto na tarde desta quarta-feira, com a primeira atividade prevista na programação: uma roda de conversa na Casa Ama. O evento organizado pela Casa Ama teve como tema central a Violência Contra a Mulher. “Um espaço importante de discussão que nos mostra o quanto ainda precisamos avançar, embora já tenhamos muitas conquistas a serem reconhecidas e valorizadas”, reitera Angela.

Para conferir a íntegra da programação clique aqui.