Corpo de Teori Zavascki será sepultado em Porto Alegre, diz filho


Publicado em 20/01

Família fez contato com o STF para definição, segundo Alexandre Zavascki.
Ministro do STF morreu aos 68 anos após queda de avião em Paraty.

Felipe TrudaDo G1 RS

O corpo do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, que morreu na tarde desta quinta-feira (19), aos 68 anos, após a queda de um avião em Paraty, no Litoral Sul do Rio de Janeiro, será sepultado em Porto Alegre. A informação foi dada por um dos filhos do magistrado, o médico Alexandre Prehn Zavascki. "É a cidade do coração dele", disse.

Segundo o filho do ministro, a família já fez contato com o STF para a definição. A data e o local não foram divulgados.

"Não sabemos [a data] porque o corpo ainda não foi retirado", disse Alexandre, acrescentando que o local do velório já foi escolhido pela família. "Está definido, mas será divulgado pelo próprio STF."

Alexandre lamentou a morte do pai. "Toda a família está bastante abalada."

A carreira de Teori teve início em Porto Alegre. Em 1972, ele se formou em Direito na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), onde concluiu mestrado e doutorado na área de Processo Civil. É natural de Faxinal dos Guedes, Santa Catarina.

O ministro foi juiz do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), com sede em Porto Alegre, de 2001 a 2003, e também fez parte do Tribunal Regional Eleitoral gaúcho. Indicado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC), tomou posse como ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Em novembro de 2012, ingressou na mais alta corte nacional. Confira aqui a trajetória de Teori.

A morte de Teori foi confirmada pelo filho do magistrado Francisco Zavascki em uma rede social, às 18h05. Mais tarde, também foram confirmados os óbitos do empresário Carlos Alberto Filgueiras, dono do Hotel Emiliano, na Zona Sul de São Paulo, e do piloto da aeronave, Osmar Rodrigues. O avião pertencia ao grupo do hotel.

Segundo informações da Força Aérea Brasileira (FAB), outras duas pessoas também estavam a bordo. A identificação delas não foi divulgada.

Mapa Paraty Teori (Foto: Arte / G1)

Trabalho de resgate da aeronave em Paraty, na Costa Verde (Foto: Sonia Barcelos/Arquivo pessoal)

Trabalho de resgate da aeronave em Paraty, na Costa Verde (Foto: Sonia Barcelos/Arquivo pessoal)

A Infraero informou que a aeronave prefixo PR-SOM, modelo Hawker Beechcraft King Air C90, decolou às 13h01 do Campo de Marte, na capital paulista. O avião é de pequeno porte e tem capacidade para oito pessoas.

A Anac informou que a documentação da aeronave estava em dia, com o certificado válido até abril de 2022 e inspeção da manutenção (anual) válida até abril de 2017.

Ministro desde 2012
Viúvo desde 2013, Teori deixa três filhos. Ele se tornou ministro do STF em 2012 por indicação da então presidente da República, Dilma Rousseff.

O magistrado teve o nome aprovado no Senado com 54 votos favoráveis e quatro contrários. Ele substituiu o ministro Cezar Peluso, que havia se aposentado no mesmo ano.

Natural de Faxinal dos Guedes (SC), Teori também foi ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), presidiu o Tribunal Regional Federal da 4ª região (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná) entre 2001 a 2003 e atuou como juiz do Tribunal Regional Eleitoral na década de 1990.

Ele ingressou na carreira jurídica em 1971, em Porto Alegre, como advogado concursado do Banco Central, onde atuou por sete anos. No anos 80, o magistrado se transferiu para a superintendência jurídica do Banco Meridional do Brasil.